5 livros infantis para um mundo melhor

Aqui no DiverDica nós acreditamos que nossas dicas fazem mais do que apenas ajudarem os papais e mamães a entreterem seus filhos no final de semana. Nossa realização é saber que as nossas dicas proporcionaram momentos marcantes para as famílias e memórias queridas e novas experiências para as crianças. E também acreditamos que crianças criadas em um ambiente de muito amor têm tudo para tornar o nosso mundo um lugar melhor para as gerações que ainda estão por vir, então gostamos de pensar que, de alguma forma, estamos contribuindo para um mundo melhor também. Este post é nesse sentido: ajudar nossos leitores a construírem um mundo melhor. Hoje estamos indicando cinco livros infantis que promovem o respeito à diversidade, a tolerância e a igualdade. E acreditamos que o contato com estas obras valem para meninos e meninas e também para pais e mães. São histórias inspiradoras, algumas delas reais, todas com uma lição para acabarmos com preconceitos e contribuirmos para um futuro mais justo. Dê uma olhada na nossa lista de livros infantis que podem tornar o mundo melhor! E se você sabe de mais algum, indique aqui para a gente conhecer!

Ah, e não deixe de ler nossa resenha sobre o livro-manifesto Para Educar Crianças Feministas, da escritora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie. É outra obra essencial para estes tempos em que vivemos!


5 livros infantis para um mundo melhor

Malala – A Menina que Queria Ir para a Escola
Adriana Carranca Corrêa

5 livros infantis para um mundo melhor - Malala - A Menina que Queria Ir para a Escola

Livro-reportagem para o público infantil que conta a história da menina Malala, vítima de um atentado porque queria estudar, apesar do Talibã proibir meninas de irem à escola na região onde morava, no Paquistão. A história de Malala ficou conhecida em todo o mundo e é muito inspiradora. Olha só a apresentação do livro pela Companhia das Letras: “Malala Yousafzai quase perdeu a vida por querer ir para a escola. Ela nasceu no vale do Swat, no Paquistão, uma região de extraordinária beleza, cobiçada no passado por conquistadores como Gengis Khan e Alexandre, o Grande, e protegida pelos bravos guerreiros pashtuns – os povos das montanhas. Foi habitada por reis e rainhas, príncipes e princesas, como nos contos de fadas. Malala cresceu entre os corredores da escola de seu pai, Ziauddin Yousafzai, e era uma das primeiras alunas da classe. Quando tinha dez anos viu sua cidade ser controlada por um grupo extremista chamado Talibã. Armados, eles vigiavam o vale noite e dia, e impuseram muitas regras. Proibiram a música e a dança, baniram as mulheres das ruas e determinaram que somente os meninos poderiam estudar. Mas Malala foi ensinada desde pequena a defender aquilo em que acreditava e lutou pelo direito de continuar estudando. Ela fez das palavras sua arma. Em 9 de outubro de 2012, quando voltava de ônibus da escola, sofreu um atentado a tiro. Poucos acreditaram que ela sobreviveria. A jornalista Adriana Carranca visitou o vale do Swat dias depois do atentado, hospedou-se com uma família local e conta neste livro tudo o que viu e aprendeu por lá. Ela apresenta às crianças a história real dessa menina que, além de ser a mais jovem ganhadora do prêmio Nobel da Paz, é um grande exemplo de como uma pessoa e um sonho podem mudar o mundo.”


Flicts
Ziraldo

5 livros infantis para um mundo melhor - Flicts

Livro clássico do brasileiro Ziraldo que certamente encantou muitos de nós quando éramos crianças e agora ainda encanta nossos filhos! Você leu? Flicts traz uma mensagem que de respeito às diferenças e amor que adoramos. “Tudo tem cor. O mundo é feito de cores, mas nenhuma é Flicts. Uma cor rara, frágil, triste, que procurou em vão um amigo entre outras cores, que não encontrou um lugar para ficar. Abandonada, Flicts olhou para longe, para o alto, e subiu, para finalmente encontrar-se.”


Minha Mãe É Negra Sim
Patrícia Santana

5 livros infantis para um mundo melhor - Minha Mãe É Negra Sim

Minha Mãe É Negra Sim conta uma história sobre um terrível mal muito comum na vida real: o racismo. “O garoto Eno é levado a se perguntar pela sua origem. Negro, ele percebe o preconceito da professora que sugere que Eno pinte o desenho da mãe, negra, de amarelo por ser uma cor mais bonita. Não pode haver tristeza maior para o seu coração. A mãe, que ele tanto amava e era tão linda! Mesmo triste, Eno procura saber no dicionário uma explicação para o preconceito. O dicionário não ajudou e ele seguia triste até que o avô tem uma conversa decisiva com ele.”


Olívia Tem Dois Papais
Márcia Leite

5 livros infantis para um mundo melhor - Olívia Tem Dois Papais

Olívia Tem Dois Papais conta a história fofa da menina que, como o próprio título do livro diz, tem dois papais. É um excelente meio para ensinar às crianças sobre tolerância. “Olívia é uma menina esperta, que sabe bem o que quer e tem plena noção de como usar algumas palavras para conseguir o que deseja. Quando tem de ficar sozinha enquanto os pais trabalham, ela diz que está muito ‘entediada’. Como não gosta de ver a filha ‘entediada’, papai Raul para imediatamente de trabalhar e, quando percebe, já está deitado no chão ao lado dela, brincando de filhinho e mamãe, ou cercado por um monte de bonecas. Para chamar a atenção de seu pai Luís, Olívia fala que está ‘desfalecendo’, afinal de contas, desfalecer de fome é uma coisa muito séria, e Luís é o melhor cozinheiro da família. ‘Intrigante’ é outra palavra de que Olívia gosta muito, isso porque todas as coisas do mundo são muito intrigantes para ela. Olívia quer saber, por exemplo, como seu papai Raul sabe brincar de boneca e seu papai Luís cozinha tão bem. Quer saber também como vai aprender a usar maquiagem e sapatos de salto alto, se na casa dela não mora nenhuma mulher. A família da Olívia é um pouco diferente, e totalmente ‘encantadora’, outra palavra que ela adora usar.”


Crianças Como Você
5 livros infantis para um mundo melhor - Crianças Como Você

Crianças Como Você é um daqueles livros infantis para as crianças que são curiosas e adoram saber sobre como é a vida em outros lugares do mundo. A obra foi editada em associação com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e abre os horizontes das crianças, mostrando culturas de vários países e dando uma lição valiosa de respeito às diferenças. “Celina, do Brasil, Ji-Koo, da Coréia do Sul, Houda, do Marrocos, Meena, da Índa, Esta, da Tanzânia… Crianças de verdade falam e escrevem sobre sua vida e seu jeito de ser. Surpreendente e emocionante, este livro é um marco. Ele faz uma viagem pelas diferentes culturas do mundo e mostra o cotidiano das crianças nos mais variados países.”


Não deixe de conferir nossa matéria sobre o banco de dados de histórias em áudio gratuitas para a criançada ouvir em casa! Se você está às voltas com a alimentação do seu filho e quer umas dicas, dê uma olhada na nossa matéria com a nutricionista Mônica Broilo e prepare umas receitas com ele! E se você quiser umas indicações de leitura, que tal dar uma olhada na nossa lista de canais de maternidade essenciais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed by Vectortwins / Freepik
X