5 álbuns infantis de artistas adultos para ouvir no Spotify

Música infantil vira trilha sonora oficial de casa depois que a gente tem filhos, não é mesmo? É um tal de Mundo Bita, Galinha Pintadinha e Palavra Cantada que a criançada adora ouvir sem parar, repetidamente, e às vezes a gente fica até passando vontade de escutar outra coisa. Para ajudar você, a gente resolveu fazer uma lista que, talvez, vá agradar pais e filhos: você sabia que vários artistas que têm carreiras consagradas com público adulto também já criaram obras infantis? Nós separamos abaixo cinco dessas obras que a gente adora e você pode escutar agora mesmo no Spotify, o aplicativo musical mais querido dos nossos telefones celulares. Nós sabemos que existem muitos outros álbuns infantis de artistas adultos da música brasileira e trabalhos incríveis como os de Chico Buarque, Toquinho e Vinicius, Gilberto Gil e Raul Seixas, mas estes clássicos vão ficar para um outro artigo. Hoje separamos cinco álbuns infantis de artistas adultos brasileiros como Zeca Baleiro e Pato Fu que você pode encontrar no Spotify e ouvir com as crianças. Então dá uma olhada na lista de álbuns infantis de artistas adultos que a gente separou. E é claro que tem muito mais, né? Tem algum que você gosta e que não apareceu aqui? Coloca nos comentários para todo mundo poder conferir também!

11 incríveis jogos de tabuleiro para jogar em família

10 brinquedos da sua infância para seu filho brincar

54 filmes para crianças que estreiam em 2018

5 livros da sua infância para seu filho ler

7 livros infantis sobre meio ambiente e sustentabilidade

Foto: Reprodução


Pequeno Cidadão
Pequeno Cidadão

Pequeno Cidadão é projeto infantil composto por Edgard Scandurra (Ira!), Taciana Barros (Gang 90 & Absurdettes) e Antonio Pinto (produtor de trilhas como a do documetário Amy, vencedor do Oscar, e dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016), juntamente com Arnaldo Antunes (ex-Titãs) neste primeiro álbum. O grupo diz que seu gênero de trabalho é “música psicodélica para crianças”, e isso realmente transparece nas músicas. E olha que legal: o grupo se formou porque os filhos dos integrantes frequentavam a mesma pré-escola em São Paulo! Nós adoramos! Aí embaixo está o link para o primeiro álbum no Spotify, mas o grupo tem outros três trabalhos por lá também (Pequeno Cidadão 2, Karaokê Rock ‘N’ Roll e Vem Dançar), então tem muita coisa legal para ouvir com as crianças!


Partimpim Tlês
Adriana Partimpim

Este é o terceiro álbum do projeto infantil de Adriana Calcanhoto, ou Adriana Partimpim, neste caso. Partimpim Tlês tem composições de Chico Buarque, Dorival Caymmi, Ben Jor, Gilberto Gil e Gonzaguinha, entre outros, e é uma delícia de ouvir. Além deste, ela tem outros dois álbuns infantis – Adriana Partimpim e Adriana Partimpim Dois – mas eles não estão disponíveis por completo no Spotify. Para escutar Partimpim Tlês no Spotify é só clicar no link abaixo.



Música de Brinquedo
Pato Fu

Música de Brinquedo, décimo álbum da banda mineira Pato Fu, lançado em 2010, é um dos mais inusitados desta lista. O álbum foi todo gravado com instrumentos musicais de brinquedo, como aqueles que nossos filhos usam para fazer muito barulho em casa. Os músicos usaram na produção corneta de plástico, xilofone, flauta doce e kazoo (lembrou do Daniel Tigre, né?), entre outros, e o resultado é impressionante e inspirador (será que dá para fazer igual em casa?). Música de Brinquedo ganhou um Grammy Latino de melhor álbum infantil e é recheado de covers de grandes artistas como Paulo McCartney, Tim Maia e Roberto Carlos. E o Pato Fu, contente com o resultado, ainda lançou mais dois álbuns com a mesma ideia: Música de Brinquedo Ao Vivo (2016) e Música de Brinquedo 2 (2017).


Sem você não a
Tom Zé

O álbum infantil de Tom Zé tem esse nome meio esquisito, Sem você não a, sem o “H” na frente do “A” mesmo. As letras das músicas contam uma fábula escrita pelo designer gráfico e ilustrador Elifas Andreato, que também é um dos responsáveis pelo projeto gráfico do álbum. O site de Tom Zé conta um pouquinho da história desse álbum: “Num transtorno, o A desaparece da Cidade das Letras e sua ausência provoca muita confusão. O G, por exemplo, faz uma mágica e traz estrelas do céu para substituir o A. Não dá muito certo. O S, prepotente, aproveita para defender a tese do “silêncio”. Dá quase uma revolução: imagine só, um abecedário mudo! A reação das outras letras é exemplar e finalmente, numa aventura que envolve uma viagem às estrelas, as letras se arriscam em busca do querido amigo A.” Legal, né? O próprio Tom Zé ainda provoca no final. “E mais não conto, pra vocês ouvirem.”


Zoró, Vol. 1 (Bichos Esquisitos)
Zeca Baleiro

A girafa rastafari da imagem que ilustra este artigo foi tirada de um dos clipes de Zoró, Vol. 1 (Bichos Esquisitos), o primeiro álbum infantil de Zeca Baleiro. São 28 músicas superlegais para crianças gravadas por Zeca Baleiro com a participação de outros grandes nomes da música brasileira, como Tom Zé, que você já viu acima, Tetê Espíndola e Fernanda Abreu, entre muitos outros. Nós adoramos Joaninha Dark, com Fernanda Abreu, e, claro, Girafa Rastafari!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed by Vectortwins / Freepik
X